Data importante de hoje

O dia 26 de agosto não é conhecido por muita coisa. É o aniversário de Campo Grande (MS). Saudamos especialmente aos irmãos da Cidade Morena.

O dia pode se tornar mais importante de várias maneiras:

  • Pode ser o seu primeiro dia para conhecer a igreja do Senhor Jesus Cristo, que segue os mandamentos do Senhor conforme os escritos dos seus apóstolos e profetas no Novo Testamento, Mateus 16.18; Efésios 1.22-23; 4.4; 1 Timóteo 3.14-16.
  • Muitos se lembram do dia da sua imersão em Cristo para ser perdoado dos pecados e incluído no número dos santos, Marcos 16.16; Atos 2.38; 22.16; 1 Pedro 3.21. Hoje pode ser o seu dia também.
  • Este dia pode ser seu momento de reassumir e renovar seu compromisso de seguir Jesus. Às vezes um cristão se desanima e se desvia do Caminho. Hoje pode ser seu dia para voltar a ser um discípulo fiel.

Mesmo que o mundo não observa muitas coisas no 26 de agosto, a data pode se tornar importante para Deus quando nós buscamos nos aproximar dele com fé e obediência.

Qual igreja?

Se um homem ou uma mulher pegasse quase qualquer tradução da Bíblia e a lesse do início ao fim, e se decidisse que precisava ser salvo pela obediência à palavra de Deus, a qual denominação pertenceria?

Precisaria saber e saberia a respeito do movimento da Reforma Protestante, do movimento da restauração ou de qualquer outro movimento histórico (que tenha aparecido depois do Novo Testamento), para ser cristão? Para ser apenas um cristão?

Quando você encontrar a resposta a essas perguntas, você saberá qual igreja a que deveria fazer parte.

Se não conseguir encontrar as respostas, eu adoraria estudar com você.

—Joey Ferrell

Desafios e conforto

Ontem, recebemos a visita de Ricardo, Marília e Mateus, de Taubaté, depois de receberem email meu sobre alguns desafios que estamos enfrentando. Foi um conforto e incentivo sua presença aqui em casa.

Não há substituto para o amor fraternal. Pegando frase emprestada da área econômica, não existe bem sucedâneo que serve a mesma função da verdadeira família de Deus. Imitações há de monte, como os famosos amigos do bar da esquina, ou associações de cunho social ou religioso.

Além do interesse financeiro, muitas destas investem na concentração e extensão do poder. Nelas, há amor por outras coisas, e não o amor de Deus e o amor ao próximo. Fala-se nestes, mas falta a prática.

No corpo de Cristo no Urbanova, nosso alvo é bem resumido pelo apóstolo Paulo em Efésios 4.15: “seguindo a verdade em amor”. Procuramos praticar o desprendimento das coisas materiais, o desapego na vontade própria, a desambição por este mundo e suas estratégias.

Dedicamo-nos às palavras de Jesus quanto à auto-abnegação ou, melhor, à auto-crucificação: Continue lendo “Desafios e conforto”