O que Cristo oferece a você: descanso para sua alma

descanso para a alma

O Brasil é um dos países do mundo que mais tem feriados. Queremos descansar! Mas ainda tem gente que pensa que há pouco tempo de descanso para tanto trabalho e responsabilidade.

Nosso problema é que o descanso de que precisamos é para nossa alma.

No contexto maior dos capítulos 11-12 do evangelho de Mateus, Jesus condena os judeus por não aceitarem os enviados de Deus e por imporem suas regras religiosas nos outros. Para quem estiver disposto a aceitar, Jesus oferece descanso para a alma, nessas condições: Continue lendo “O que Cristo oferece a você: descanso para sua alma”

Só falamos nisso

sproutVários anos atrás, depois de ensinarmos a um vizinho e sua esposa o evangelho, ele brincou comigo, dizendo que iam ajudar-nos a construir um grande “templo” para “nossa igreja”.

Foram suas últimas palavras naquela noite de estudo. Estávamos já de saída da casa dele. Parei na porta e, sem ter palavras, olhei, confuso, para ele.

Acho que ele me confundira com um daqueles pastores que só falam em dinheiro, como se nós quiséssemos algo deles. Ao contrário, queríamos dar-lhes algo de valor eterno.

Confesso que senti vergonha que alguém pudesse pensar que nosso interesse fosse outro além da vida eterna para todos.

Nós só falávamos em Jesus.

Senti, porém, que, talvez, fosse maneira dele de fugir da sua responsabilidade para com a Boa Nova. Eu não tinha outra explicação.

Em nosso ensino, proclamamos o que é essencial. Não fazemos apelos ao dinheiro. Começamos a nos reunir em casas, em parte, porque a divulgação não deve girar em torno de recursos financeiros. (Não que seja errado, em si, ter instalações próprias.)

Jesus nos ordena a fazer ofertas. Manda-nos ajudar aos mais fracos. Insiste no sustento dos que instruem a palavra.

A oferta, porém, é uma consequência da vida convertida a Jesus.

Jesus não precisa torcer braços nem estipular quantias nem prometer mais riquezas, para conseguir que seu povo seja generoso.

A bondade de Deus nos motiva. O amor generoso e imensurável do Senhor nos impulsiona.

Queremos ver, conforme a vontade de Deus, comunidades sendo formadas por toda parte. Não para centralizar o poder e recursos, mas para cada comunidade ter no seu meio a presença de Deus. “Todos pecaram e estão afastados da presença gloriosa de Deus” Romanos 3.23 NTLH.

Estamos saindo esse ano do trabalho em Taubaté, para focar em outras cidades.

Continuamos gratos pela fé e dedicação dos irmãos taubateanos. Permaneceremos ligados a eles no amor fraternal. Mas eles agora tocarão seu trabalho e crescerão ainda mais no serviço ao Senhor Jesus.

Pois permanece quase intocado o campo do qual Jesus falou.

Talvez você esteja nesse campo. Talvez você viva longe de Deus. Talvez você não conheça a simplicidade do seu plano. Talvez você ainda relute contra Deus, para permanecer no egoísmo do mundo ou na tradição religiosa.

Nosso papo é um só: Jesus como Senhor e Salvador.

E não somente papo, mas Jesus é vida, propósito, dedicação, histórico, futuro, esperança, seguimento e momento, tudo centrado e encontrado nele, pois Cristo é “a chave que abre todos os tesouros escondidos do conhecimento e da sabedoria que vêm de Deus” Colossenses 2.3 NTLH.

Qual é o seu papo?