De Fusca para Ferrari

Na minha agenda, aquele modelo padrão brasileiro, o dia 31 de dezembro é marcado como o Dia da Esperança. Que entidade o declarou assim, não faço ideia, mas não é uma ideia ruim, não.

No fim de ano, os pensamentos se projetam para as possibilidades futuras. Existe, na cabeça da maioria, um vago desejo para que as coisas sejam melhores no próximo ano. Poucos planos concretos são feitos, porém.

A passividade reina e o camarada mediano da vida espera que Governo, Sorte ou Deus transforme suas circunstâncias para que mude de Fusca para Ferrari.

Para o cristão, todo dia é de esperança. Deus fez promessas sobre a segunda vinda de Cristo. Ele voltará em algum momento — talvez hoje. Neste dia, sim, o Fusca terreno se transformará em Ferrari celestial. Quer dizer, os sofrimentos e as lágrimas desta vida desaparecerão, se dissolverão na felicidade eterna ao lado de Deus, onde não há mais morte, dor ou decepção.

Portanto nos alegramos por causa da esperança que temos de participar da glória de Deus, Rom 5.2b VFL.

Para entrarmos na glória de Deus, tem que haver preparação. É preciso seguir Jesus. Temos de receber o perdão dos pecados, a redenção pelo sangue de Cristo. É necessário obedecer a vontade de Deus. A Boa Nova nos chama a mudar de vida, começando a viver a pureza e a clareza do Senhor Jesus Cristo.

E todo aquele que tem esta esperança em Cristo, purifica a si mesmo, assim como Ele é puro, 1 João 3.3 VFL.

Não fazemos isso sozinhos. O Espírito Santo produz em nós as virtudes de Cristo, Gálatas 5.22-23. Deus nos dá vida nova na imersão, Jo 3.3, 5, e nos transforma na imagem do Senhor, 2 Coríntios 3.18. Ele nos deu seu poder para viver de forma piedosa, 2 Pedro 1.3.

O Espírito que Deus nos deu não nos faz covardes, mas enche-nos de poder, de amor e de domínio próprio, 2 Timóteo 1.7 VFL.

Quando recebemos tal poder em nossa vida, tudo muda. Até o Ferrari perde o brilho perto da glória de Deus. Andar com Deus significa que as coisas desta vida perdem o valor que tínhamos dado a elas. Agora, o presente ganha outro valor: o preparo para o Além, o propósito do serviço a Deus, o amor infundindo cada ato nosso para trazer às pessoas necessitadas a presença divina.

As pessoas falam muito na morte da esperança. Deus nos dá razão para a esperança transbordar na nossa vida. Encontremos o poder para isso acontecer em nós.

Que o Deus da esperança os encha de toda alegria e paz, por sua confiança nele, para que vocês transbordem de esperança, pelo poder do Espírito Santo, Romanos 15.13.

6 respostas para “De Fusca para Ferrari”

  1. Excelente no conteúdo e forma Randal!
    Obrigado por me ajudar mais ainda sobre esse bem tão precioso para esta vida aqui, a “esperança”.

    Vanderlei Calixto.

  2. Nada como iniciar o ano novo com palavras inspiradoras, que enchem o coração de esperança. Muito obrigado, Randal. Que o ano novo seja cheio da paz de Cristo.

Pergunta? Dúvida? Comentário?