Conversão: resposta ativa à graça de Deus

Esta descrição da conversão é boa, tirada da New Smith’s Bible Dictionary, editado pelo irmão Reuel Lemmons:

“No Novo Testamento o ato de virar-se a Deus é uma resposta ativa à graça de Deus em Cristo, associado à humildade, Mateus 18.3, à fe, Atos 11.21, ao arrependimento, Atos 3.19; 26.20, e às vezes é praticamente identificado com o batismo como o ato iniciático pelo qual o pecador arrependido é perdoado e acrescentado ao corpo de Cristo; ver Atos 3.19 com Atos 2.38” (pág. 71).

Conforme a palavra de Jesus em Mateus 18.3, a conversão é necessária para entrada no reino de Deus, então fala-se de algo indispensável ao ensino de Cristo.

Na descrição do dicionário acima, é feliz a frase: “resposta ativa”. Não podemos ser passivos perante a bondade de Deus. Ele mesmo espera de nós uma reação, que é o seguimento dedicado a Jesus.

A conversão é ligada ao batismo, pois a imersão na água duma pessoa arrependida, a fim de ter os pecados perdoados, transfere a pessoa do mundo das trevas para uma nova vida em Cristo, sob os cuidados e a tutela dele. Assim, a imersão que Jesus nos deu (e não os batismos humanos) serve como passagem que marca a grande mudança na vida.

O corpo de Cristo mencionado na citação acima é a família na fé, a igreja única de Jesus. Ver Colossenses 1.22-23. A participação nesta família é também fundamental para nosso crescimento espiritual, serviço ao próximo e destino eterno.

Deus espera a entrega do nosso ser, da nossa vontade, da nossa vida, a ele. Somente assim pode ele compartilhar conosco as grandes bênçãos da salvação. Vamos não nos privar da sua presença e da sua bondade. Convertamo-nos a Cristo, para viver a felicidade da nova vida nele.

Para maiores informações, ver este estudo online, ou nos contatar para combinar um estudo individual. A tradução da citação acima é nossa.

Uma resposta para “Conversão: resposta ativa à graça de Deus”

Pergunta? Dúvida? Comentário?