Contentes onde estamos?

Por causa de pecado escondido no meio do povo de Israel, o povo sofreu derrota na cidade de Ai, na sua segunda batalha depois de atravessar o rio Jordão e entrar na terra prometida. O novo líder Josué reagiu mal à derrota. Leiamos as palavras de sua oração ao Senhor:

Disse então Josué: “Ah, Soberano Senhor, por que fizeste este povo atravessar o Jordão? Foi para nos entregar nas mãos dos amorreus e nos destruir? Antes nos contentássemos em continuar no outro lado do Jordão! Que poderei dizer, Senhor, agora que Israel foi derrotado por seus inimigos? Os cananeus e os demais habitantes desta terra saberão disso, nos cercarão e eliminarão o nosso nome da terra. Que farás, então, pelo teu grande nome?”

O desespero na derrota e o medo das consequências frequentemente nos levam a contentar-nos com o que já temos, ou com o que já obtivemos. Como traduz a Nova Bíblia Viva: “Bem que podíamos ter ficado satisfeitos com o que já tínhamos obtido”.

O Senhor não aceita tal resmungo de Josué, de forma alguma. Manda-o a levantar-se e resolver o problema no meio do povo, para que possa tomar posse da terra prometida.

Deus dá contentamento ao seu povo. Ordena que sejamos contentes com o que temos, Hebreus 13.5.

Mas quando Deus quer progresso espiritual em nossa vida, progresso em fazer a sua vontade, no amor, nas boas obras, na dedicação à sua missão, não devemos ficar onde estamos. Devemos ir em frente. Devemos obedecer aos mandamentos do Senhor.

Devemos nos converter, lançar mão da sua salvação, abraçar a fé, mudar de vida, confessar o nome de Cristo, ser imersos na água para o perdão dos pecados e entrar no reino de Deus.

Não devemos nos contentar em ficar onde estamos, pois antes de atravessar o rio Jordão não encontraremos a terra prometida. Quer dizer, antes de entrar no reino de Deus, não nos desfrutaremos das bênçãos espirituais e da salvação em Cristo Jesus.

E uma vez no reino, há progresso a fazer, batalhas a vencer, barreiras a superar, trabalho a realizar. Não devemos nos contentar em entrar sem depois avançar, em ocupar um pequeno canto sem nos lançar ao trabalho do crescimento e do serviço.

A Josué o Senhor disse: “Levante-se! Por que você está aí prostrado?” Josué 7.10. E ele diz o mesmo a todos que estão ficando contentes onde estão, do lado temeroso do Jordão, a todos que sofrem derrotas no reino.

Vamos confiar no Senhor para dar-nos a vitória. Vamos acreditar que as dificuldades são pequenas comparadas às glórias do reino. Vamos resolver os pecados e os problemas que estão dentro do nosso alcance e da nossa responsabilidade.

O que é certo é que não podemos ficar onde estamos. Não podemos nos contentar com o que já obtivemos. Atravessemos o Jordão e tomemos posse da herança que Deus nos oferece, hoje mesmo.

Pergunta? Dúvida? Comentário?